Toda empresa tem seus objetivos — além do retorno financeiro. E um bom planejamento estratégico empresarial é de suma importância para atingi-los e fazer com que a empresa obtenha sucesso.

Mas como fazer um planejamento estratégico eficaz? Quais ferramentas usar? Continue a leitura e descubra algumas dicas para não errar no planejamento estratégico empresarial!

Descubra por que o planejamento estratégico empresarial é importante

Para responder a essa pergunta, vamos fazer uma comparação simples entre dois carros: um com a manutenção em dia, óleo trocado, pneus em ordem, documento em dia e abastecido. O outro com os pneus quase lisos, desalinhado, troca de óleo pendente e pouco combustível. Se você precisasse fazer uma viagem, qual carro você escolheria? Não é difícil responder a essa pergunta!

Podemos dizer que o planejamento estratégico tem uma importância similar para a empresa. A falta desse planejamento, não raro, apresenta resultados desagradáveis, pouco rentáveis e que acrescentam pouco ou nenhum valor à empresa. Isso pode resultar em baixo índice de vendas e, consequentemente, ainda mais dificuldades no atual cenário financeiro.

De forma simples, o planejamento estratégico direciona a empresa em um caminho que esteja de acordo com os seus objetivos, mostrando os desafios ao longo do caminho para se alcançar esse objetivo.

Saiba como elaborar o planejamento estratégico

Primeiro, é preciso colocar as ideias no papel. Informações relevantes precisam ser esclarecidas, pois são elas que ajudarão a direcionar o tom que será dado para o futuro da empresa. São informações como:

  • Por que o mercado precisa do produto/serviço oferecido pela nossa empresa?
  • Quais informações temos sobre o mercado? Insumos internos e externos? As informações são suficientes ou é preciso buscar mais?
  • Quais as métricas que serão usadas para futura mensuração dos resultados?

As respostas dessas perguntas guiarão o planejamento estratégico empresarial de acordo com o que se espera que a empresa atinja em curto, médio e longo prazo.

Tenha um objetivo definido

Um dos mais importantes passos para fazer um bom planejamento estratégico é delimitar cuidadosamente qual é seu objetivo. Se uma empresa tem um ponto de partida, ela também deve saber qual é o ponto de chegada almejado.

Tendo uma visão concreta de seu propósito, é muito mais simples elaborar estratégias para alcançá-lo.

Não deixe nenhuma área de lado

A meta final de seu planejamento é única; mas, para tanto, é preciso investir em diversos setores de seu empreendimento. Por essa razão, em seu planejamento estratégico, vale a pena fazer uma lista detalhada de qual será o papel de cada área na busca por determinada meta.

Uma boa dica é estabelecer pequenas metas para cada um desses setores, que vão desde a parte de comunicação até a área de vendas do negócio — levando em consideração as atividades que fazem e o campo onde atuam.

Pense a curto e longo prazo

Mesmo tendo um objetivo final, é necessário “subdividi-lo” em pequenas metas para serem alcançadas ao longo do processo. Você pode estipular números mensais para serem atingidos. Empresas que não fazem isso, muito facilmente se encontram desanimadas com a demora em finalizar todo o processo, ou entendem que seu sonho está muito longe e é impossível de ser alcançado.

Estabelecendo-se pequenas metas, a realização de todo o projeto fica muito mais fácil!

A melhor maneira de estimar cada meta é fazendo uma comparação com o histórico de crescimento de seu empreendimento, para saber qual é a estimativa para o período que está por vir. Tendo isso como base, incentive e cobre seus profissionais para atingirem as metas (realistas) a que a empresa se propôs.

Conheça seu público

Para alcançar seus objetivos, é preciso levar em consideração ainda quem é o seu público consumidor. Faça um estudo de seus hábitos de compras. Quando elas aumentam? Existe algum período do ano em que suas compras são maiores? Como explorar essas datas?

Ao definir seu público-alvo, também fica muito mais simples para a empresa ter uma noção real de quais serão os passos dados para atingir seus objetivos.

Faça uma avaliação da empresa

É importantíssimo para um bom planejamento estratégico que ele tenha uma base realista. Por isso, é imprescindível fazer uma avaliação da sua empresa. Em outras palavras, analise o ambiente interno do empreendimento.

É preciso ter uma noção exata dos pontos fortes e fracos do empreendimento, para que eles possam ser explorados ou otimizados ao longo de todo o processo. Nesse sentido, não deixe nenhuma parte da empresa de fora. Ou seja, analise desde o setor financeiro até os recursos humanos do local. Entender a infraestrutura da empresa é essencial para saber suas capacidades e limitações no mercado.

Não deixe de lado o setor financeiro da empresa

Um planejamento estratégico eficaz nunca deixa de lado a parte financeira do negócio. Isso porque, tão importante quanto o aumento de suas vendas, será necessário o investimento de alguma quantia para otimizar algumas limitações do empreendimento.

Por essa razão, é necessário se manter a par de qual é a real situação econômica do local. Quanto dispõe para investir em cada área? Qual é a receita final do estabelecimento?

A melhor forma de conseguir essas informações é mantendo um planejamento financeiro restrito e avaliá-lo. Procure por todas as informações monetárias da empresa, tanto de saída quanto de entrada de dinheiro, do último ano. Assim, você poderá se programar para os gastos e ganhos do novo período!

Descubra o ambiente externo

É claro, nenhuma empresa atua de forma alienada ao mercado de que faz parte. Por essa razão, é necessário levar em consideração o cenário do mercado e da economia local para se traçar um bom planejamento estratégico, com metas realistas.

Faça uma boa pesquisa sobre a situação das empresas concorrentes, além das projeções de especialistas para o mercado para os meses vindouros. Essa tarefa será essencial para entender os riscos e os fatores que podem minar o desenvolvimento de seu negócio.

Parta para a ação

Depois de conhecer os ambientes interno e externo de sua empresa e formular os objetivos tangíveis, chegou a hora de colocar seu planejamento em prática.

Para fazer isso, é imperativo traçar iniciativas bem delineadas. Elas consistem em formas práticas de fazer com que sua meta seja alcançada.

A formulação destes planos de ação é um processo natural do planejamento, uma vez que o empreendedor já conhece os pontos fortes e fracos de seu negócio, tornando muito mais fácil todo o processo de elaboração.

Não se esqueça de deixar seus funcionários a par dessa planificação, uma vez que serão eles que atuarão pesadamente no alcance de suas metas. Na medida do possível, é uma boa ideia deixá-los participarem da criação dos planos de ação, já que eles têm um domínio grande sobre a área em que atuam.

Monitore suas ações

Um planejamento estratégico altamente eficiente não diz respeito apenas àquele que é bem elaborado, mas também ao que é acompanhado consistentemente. Faça cronogramas, de forma que visualize a evolução de seu planejamento, e para observar se todo o andamento está sendo cumprido de maneira satisfatória.

O planejamento por si só não faz milagre: ele é apenas um estudo racional e detalhado da empresa, explorando suas qualidades para atingir determinado objetivo. Se não for muito bem acompanhado, criar uma boa planificação de ideias e metas não mudará o rumo, para melhor, de seu empreendimento.

Esqueça a pressa

O planejamento estratégico é um processo dinâmico. Ou seja, seus resultados não serão vistos da noite para o dia. Por isso, é preciso ter calma na hora de atingir seus objetivos.

Já ouviu aquele ditado “não vá com muita sede ao pote”? É exatamente esse o pensamento que deve ser utilizado na realização do seu planejamento estratégico.

Não tenha medo de mudanças

Por mais detalhado que seja feito o planejamento, às vezes acontecem mudanças bruscas em seus cenários, seja interno ou externo. Se, ao longo do processo, for observado que um determinado passo não está dando certo, não tenha medo de mudar de estratégia.

O planejamento estratégico não é um documento oficial que precisa ser cumprido ao pé da letra. Muito pelo contrário: ele visa sempre o maior retorno possível para um negócio. Nada impede que os responsáveis por ele otimizem suas táticas e planos de ação para atingir seu objetivo final.

Conheça as principais ferramentas

Existem hoje algumas ferramentas que ajudam a fazer o planejamento estratégico empresarial ser eficaz. Podemos citar as seguintes:

  • Análise 360°: essa ferramenta verifica a viabilidade de uma ideia, analisando também a sua rentabilidade e lucratividade;
  • Matriz BCG (Boston Consulting Group): seu objetivo é analisar o portfólio de produtos baseado em seu ciclo de vida, apresentando quais dos produtos ou serviços são os mais rentáveis;
  • Matriz SWOT (Strenghts, Weaknesses, Opportunities and Threats) ou Matriz FOFA (Forças, Oportunidades, Fraquezas e Ameaças): essa ferramenta faz a análise de cenário, dando real dimensão de onde a empresa se encontra no cenário em questão.

Agora é o momento de colocar em prática o que foi planejado e, usando essas ferramentas e as dicas de como fazer o seu planejamento estratégico empresarial, você conseguirá ter êxito. Um bom planejamento é feito quando se tem maior riqueza de detalhes. É um processo árduo e trabalhoso, mas que justifica os bons resultados. Por isso, é essencial que ele seja feito com bastante atenção e sem pressa.

Gostaria de saber mais sobre planejamento estratégico? Tem alguma dúvida sobre o assunto ou deseja criar um planejamento para sua empresa? Entre em contato conosco! Também não se esqueça de assinar a nossa newsletter para se manter atualizado sobre o mundo dos negócios!

Open modal