Todo empreendedor planeja o crescimento da empresa. São poucos, no entanto, os que conseguem chegar lá. Na maioria dos casos, por sinal, as empresas tendem a fechar as portas antes mesmo de começarem o processo de crescimento – de acordo com o IBGE, mais de 50% das empresas fecham as portas depois de quatro anos em funcionamento.

Acontece que, se o seu negócio começa a crescer, esse também é um sinal de preocupação. Afinal, empresas de diferentes portes exigem diferentes tipos de gestão. As decisões são completamente diferentes e, para conseguir dar conta do recado, é preciso que o gestor se antecipe – caso contrário, pode até mesmo entrar nas estatísticas que mencionamos anteriormente.

Por isso, resolvemos trazer, nesse post, algumas dicas para que você identifique se a sua empresa está em crescimento. Confira logo a seguir!

1. Analise se há aumento do ticket médio

Esse é um dos primeiros indícios do crescimento empresarial. O ticket médio nada mais é do que o valor médio de venda por cliente ou vendedor. Caso esse indicador apresente um crescimento constante ao longo do ano, desconsiderando os períodos sazonais, é sinal de que a sua empresa está em crescimento.

Além do ticket médio, existem outras métricas importantes, como o Retorno sobre Ativo (ROA), a Receita por Empregado e o crescimento real de receitas.

2. Meça o ROI (Return On Investiment) com frequência

Outro sinal de que a sua empresa está em crescimento é quando o negócio está apresentando constantemente um ROI (Return On Investiment) acima da média. Investir é sempre importante para um negócio, mas o retorno sobre o investimento deve remunerar sempre os riscos, é claro. Por isso, é sempre importante comparar o fluxo de caixa gerado e o volume do capital investido.

Quando o capital investido é superior ao custo de capital ponderado, é sinal de que a sua gestão está criando valor para a empresa e, portanto, ela está crescendo.

3. Verifique se há queda na produtividade

Se, no último caso, tivemos um caso muito bem-vindo para o gestor, agora temos outro mais negativo. Sim, a queda de produtividade é um dos indícios de que o seu negócio está crescendo. Por isso, é muito importante se antecipar a esse problema – conforme vimos na introdução.

A produtividade pode decrescer por uma série de motivos, mas é sempre bom averiguar se não é o caso de excesso de demandas. O time pode estar com dificuldades de acessar informações, por exemplo, ou, simplesmente, não conseguir atender a todos os clientes satisfatoriamente.

4. Acompanhe a superação de metas

As metas são criadas para serem cumpridas. Esse é o cenário ideal, não é verdade? No entanto, elas também servem como um parâmetro, um indicador do desempenho da empresa. Metas muito fáceis de serem cumpridas, por exemplo, podem não ser as metas ideais.

Se você desenvolve metas reais, baseadas em informações concretas, e elas são constantemente superadas, é sinal de que você deve reavaliar o posicionamento da empresa e, quem sabe, aumentar os desafios. Esse é, sem dúvida, um indício de que a sua empresa está crescendo.

Gostou das nossas dicas? Assine a nossa newsletter para ficar por dentro de muito mais!

Open modal