Você já ouviu falar em governança corporativa? Essa prática, muito comum em empresas, reúne as diretrizes organizacionais, políticas, regras, normas e a cultura organizacional que ajudam a direcionar a administração de uma empresa.

Para trabalhar esse conceito, no entanto, é necessário que o empresário adote algumas práticas de Governança Corporativa. Neste post elencamos as 4 principais. Confira.

1 – Tenha uma hierarquia clara

É preciso que a empresa tenha uma hierarquia clara e bem dividida, com todas as funções bem divididas e separadas, de modo que todos os colaboradores saibam a quem recorrer quando necessitarem de uma determinada informação, por exemplo.

O teórico da administração Henry Mintzberg propõe a divisão da organização de uma forma interessante: ápice estratégico, linha intermediária, núcleo operacional, tecnoestrutura, equipes de apoio e ideologia.

A proposta de Mintzberg é apenas uma dos diversos modelos de divisão hierárquica que podem ser adotados por uma empresa. Cabe a você pesquisar e descobrir qual metodologia melhor se encaixa no seu negócio.

2 – Realização e registro de reuniões

É muito importante que sejam feitas reuniões regulares, não apenas com a alta cúpula administrativa da organização, mas também com colaboradores de todos os níveis hierárquicos, desde os cargos mais baixos até os mais altos.

As reuniões do conselho devem discutir questões estratégicas, com um olhar para o futuro da empresa. Já as reuniões com os demais grupos da organização podem debater questões do dia a dia, de forma clara e honesta e propor a resolução cotidianos, etc.

Outro ponto importante é fazer o registro dessas reuniões. Deve ser designado um secretário para redigir em ata tudo o que foi falado. Em seguida, deve-se ler a ata em voz alta e, se todos concordarem com a redação, devem assiná-la. O registro é necessário para posterior consulta de qualquer interessado.

3 – Crie um conselho consultivo

O conselho consultivo é um grupo formado por representantes de todos os níveis da organização. Podem fazer parte dele alguns líderes de setor, pessoas que trabalham na produção, limpeza, setor administrativo etc.

Esses representantes de cada área da empresa devem se reunir periodicamente e conversar com o diretor sobre o que acontece no seu ambiente de trabalho, para que todos juntos consigam debater e chegar a um denominador comum para solucionar problemas e propor melhorias para as empresas.

4 – Faça tudo com transparência e preste contas

Para evitar desentendimentos e atritos entre setores ou funcionários da empresa é sempre importante trabalhar com muita transparência, deixando tudo sempre as claras para que não haja mal entendidos ou interpretações equivocadas sobre os fatos.

Nas reuniões de equipe, o primeiro assunto a ser colocado em pauta pode ser justamente a prestação de contas e esclarecimentos sobre o que foi ou não foi feito desde a reunião anterior. Desse modo, todos ficarão por dentro do que se passa na empresa e ainda sentirão que possuem a confiança do gestor.

Entendeu o conceito e as principais práticas de governança corporativa? Agora é com você! Coloque tudo em prática e implemente esse sistema de gerenciamento na sua empresa. E caso tenha ficado em dúvida sobre qualquer tópico abordado aqui, fale com a gente nos comentários!