A produtividade nada mais é do que o reflexo de como o seu tempo é aproveitado ao longo do dia. Muitos profissionais se apegam a desculpas como “não tenho tempo para nada” e ficam para trás em termos de resultados e desenvolvimento. Para lhe ajudar a fugir desse cenário, os líderes podem ser excelentes aliados.

Quer saber como? Confira 5 dicas para aumentar a produtividade dos seus colaboradores!

1. Facilite atividades burocráticas

Tarefas burocráticas são um empecilho no dia a dia de qualquer empresa. O tempo que se perde ao tentar resolvê-las poderia ser gasto em atividades estratégicas e inovadoras, que impulsionariam o desenvolvimento da empresa.

Por isso, use a tecnologia como sua aliada e invista em ferramentas que reduzam a burocracia. Softwares de gestão, bancos de dados, ferramentas de CRM e Telecom, são alguns exemplos que podem tornar atividades simples automáticas, eliminar falhas, evitar o retrabalho e aumentar a produtividade de todos.

2. Motive a sua equipe

Um dos principais problemas que afetam a produtividade é a falta de motivação. Precisamos ser realistas: quando você ama fazer algo não vê a hora de colocar a mão na massa e realizar essa atividade. Mas quando esse algo não te motiva, qualquer desculpa é válida para procrastinar.

O mesmo vale para a sua equipe. Se o trabalho não é estimulante, se a empresa não oferece os benefícios necessários, se os líderes não reconhecem o trabalho e se as condições de trabalho são ruins, dificilmente um colaborador se manterá produtivo com o passar do tempo.

Para evitar esse problema invista no seu profissional. Ofereça bonificações e feedbacks constantes, promova capacitações e dê oportunidades de crescimento. Um profissional que se sente valorizado dará para a empresa o melhor que tem de si. E os resultados serão benéficos para ambas as partes.

3. Defina metas mensuráveis

Não faz sentido exigir que os colaboradores deem tudo de si se as metas estabelecidas estão fora da realidade da empresa ou contingente da equipe.

Trabalhar com poucos recursos, estabelecer prazos muito apertados e pedir que os colaboradores façam aquilo que está fora do alcance não significa que você os está desafiando, mas, sim, cansando-os.

4. Delegue tarefas de forma equilibrada

Delegar tarefas não é algo fácil para os líderes. Em toda equipe sempre há um profissional que se destaca e consegue assumir melhor as responsabilidades.

O problema em confiar todas as demandas para uma só pessoa é causar uma sobrecarga de trabalho e uma quebra de autoconfiança no restante da equipe.

O caminho mais coerente para compartilhar demandas é prezar pelo equilíbrio. E para isso o líder precisa conhecer seus colaboradores.

Então, procure sempre identificar as habilidades de cada um — que podem agilizar a resolução e trazer qualidade para a execução do trabalho — e nunca trate as dificuldades deles como algo ruim, e sim como uma oportunidade de melhoria e aprendizado.

5. Mantenha o ambiente de trabalho bem-cuidado

Muitas pesquisas mostram que a desorganização pode atrapalhar diretamente o nível de concentração e produtividade de qualquer profissional. Em um ambiente de trabalho em que tudo está fora do lugar fica mais difícil encontrar o que é preciso para trabalhar e manter o foco naquilo que é realmente importante.

E por ambiente de trabalho não deve-se entender apenas a infraestrutura da empresa. Ele também é composto pela cultura organizacional, relacionamentos interpessoais, distrações comuns e até o tipo de liderança exercida.

Por isso, tanto a estrutura física quanto o clima organizacional devem ser trabalhados pelos gestores para que os colaboradores se sintam motivados e em condições favoráveis de exercer bem o seu trabalho.

E você, o que você faz para aumentar a produtividade da equipe? Compartilha com a gente aqui nos comentários!