Toda empresa de sucesso utiliza Indicadores de Performance de Processos (em inglês, KPI – Key Perfomance Indicator) para transformar em números — ou porcentagem — todas as etapas que compõem um processo. Essa ferramenta possibilita ao gestor mensurar se os objetivos de uma estratégia estão sendo atingidos de forma eficaz ou não, podendo transmitir essas informações com clareza para todos os profissionais envolvidos em um processo.

Muito diferente da métrica, que é um evento a ser mensurado, os Indicadores de Performance de Processos são elementos críticos de seu negócio, representando todos os pontos que fazem sua empresa ser o que é. Quando uma métrica passa a ser um elemento-chave para o sucesso de sua estratégia, ela, então, se transforma em um KPI — um indicador essencial para todo negócio.

Entre KPIs primários, os essenciais para o sucesso de uma estratégia, e os secundários, que servem para comprovar a eficácia dos primeiros indicadores, é preciso cuidado ao definir o que vai ser mensurado. Se a escolha correta do KPI garante uma excelente gestão de recursos, a má definição de indicadores trará números errados e uma confusão na hora de entender os resultados — o que é péssimo para o seu negócio.

Os KPIs mais utilizados

Uma excelente forma de ver quais são os KPIs mais indicados para sua estratégia é analisar os indicadores de performance mais utilizados por empresas de sucesso. Cada KPI deve estar alinhado com o objetivo principal de sua empresa, cabendo ao gestor selecioná-las de acordo com a estratégia e operação.

Indicador de capacidade

É a relação entre a quantidade do que pode ser produzido e o tempo que demora para fazê-lo.

Indicador de valor

É o indicador que aponta o valor percebido em receber um produto ou serviço em relação aos recursos disponibilizados para obtê-lo.

Indicadores de qualidade

Por exemplo, no varejo, é a saída total de produtos em relação ao número de produtos adequado ao uso. Outro exemplo: foram vendidos 100 aparelhos eletrônicos e 95 não apresentaram nenhum tipo de problema. Esse índice apresentaria, então, 95% de conformidade.

Indicador de lucratividade

É a relação entre todas as vendas e o lucro obtido. Por exemplo, se sua empresa vende, anualmente, 400 mil reais em produtos, e possui 80 mil de lucro, o indicador de lucratividade é de 20%.

Indicadores de competitividade

É um dos KPIs mais importantes, pois trata da relação de sua empresa com seus concorrentes. É importante para saber o posicionamento de sua empresa em relação ao mercado.

Indicadores de rentabilidade

É o indicador percentual entre o valor investido e o lucro obtido. Por exemplo, sua empresa realizou um investimento de 500 mil reais e obteve 50 mil de lucro, mostrando um indicador de rentabilidade de 10%.

A importância dos KPIs

Sem a definição clara dos Indicadores de Desempenho de seus processos, a interpretação de resultados fica comprometida. Com essas informações claras, a forma de apresentar dados para outros funcionários, diretores, colaboradores e clientes fica muito mais eficiente, possibilitando a criação de uma plataforma em que todas essas informações são apresentadas em tempo real, facilitando muito o trabalho tanto do gestor quanto de todos os funcionários envolvidos — de todos os escalões.

Ainda tem dúvidas sobre os KPIs? Aproveite para conferir nosso artigo sobre os principais indicadores de produtividade, eficácia e eficiência de uma empresa

Open modal