O processo de captação de recursos financeiros para uma empresa não é tarefa das mais simples. Seja para os empreendimentos que estão começando seja para aqueles que já têm algum tempo de estrada, convencer investidores — bancos, instituições ou mesmo pessoas físicas — que aplicar capital no seu negócio é mais interessante e trará mais resultados do que qualquer outro tipo de investimento requer habilidade e também uma boa base argumentativa.

Dentro desse contexto, uma ferramenta de gestão que pode ser crucial na hora da captação de recursos financeiros é o plano de negócios. Quando bem elaborado e estruturado, esse documento torna-se a peça-chave na hora de atrair e conquistar investidores.

Quer saber mais sobre a íntima relação entre captação de recursos financeiros e plano de negócios? Então continue a leitura do nosso post de hoje e confira!

Como um plano de negócios pode ajudar na captação de recursos financeiros?

Um plano de negócios bem-feito, que apresente um projeto e objetivos bem definidos bem como pesquisas e análises bem fundamentadas, é um elemento crucial na hora de negociar com investidores. Acredite, só a lábia não funciona nesse caso.

Os investidores têm de ser capazes de saber, por meio da leitura e discussão do plano de negócios, quanto terão que investir e para qual objetivo o investimento será destinado, além de poderem avaliar corretamente os riscos, estimar a remuneração do capital aportado e o prazo de retorno do investimento. Se a sua empresa não for capaz de suportar corretamente cada um desses argumentos e questões, a chance de conseguir captar recursos diminui consideravelmente.

O que deve ser descrito no plano de negócios?

De maneira geral, o plano de negócios de uma empresa que está iniciando tem como objetivo principal apresentar o modelo de negócios dessa empresa, sua análise de viabilidade financeira, a análise de riscos e a mensuração de benefícios. Entretanto, mesmo para aquelas empresas que já estão há algum tempo no mercado, o plano de negócios é também muito útil. Nesse caso, ele pode ser utilizado como ferramenta interna de gestão, auxiliando e direcionando a tomada de decisões estratégicas, e como instrumento de captação de recursos.

Para poder utilizar o plano de negócios como uma estratégia de captação de recursos financeiros, é essencial que ele contenha alguns itens, imprescindíveis na hora de conquistar investidores. Bancos — como o BNDES — costumam ser bastante exigentes nesse ponto. Quadro de Usos e Fontes, Faturamento, Fluxo de Caixa e Financeiro, e Cronograma Físico-Financeiro são alguns dos itens que devem estar descritos, obrigatoriamente, no plano de negócios de quem deseja pedir financiamento empresarial a instituições bancárias.

Além disso, apresentar dados, estatísticas, pesquisas aprofundadas de mercado e comparações com a concorrência demonstra o comprometimento e a seriedade da empresa, e passa segurança aos investidores. Por outro lado, tentar maquiar dados ou apresentar um plano de negócios baseado apenas em percepções, pode ser um tiro no pé.

Por fim, tenha sempre em mente que o plano de negócios não é, de maneira alguma, um documento estático e imutável. Todo o seu conteúdo deve ser baseado nos cenários internos e externos atuais da empresa e, justamente por isso, deve ser revisto e replanejado de tempos em tempos. Isso se faz especialmente verdade em uma época de mudanças aceleradas e rápidas de mercado, como a que estamos vivendo atualmente.

Conte com o suporte de uma consultoria

Se a sua empresa necessita montar ou reestruturar seu plano de negócios para melhorar suas chances de captação de recursos financeiros, é possível que você e sua equipe encontrem alguma dificuldade nessa tarefa. Nesses casos, contar com o auxílio de uma consultoria em gestão pode trazer resultados surpreendentes.

Com a ajuda de profissionais experientes e capacitados, será possível elaborar um plano de negócios sólido e estratégico que, além de melhorar o planejamento estratégico da empresa, transmitirá segurança a qualquer tipo de investidor.

Gostou desse post? Então não deixe de assinar a nossa newsletter e receba conteúdos exclusivos diretamente em sua caixa de entrada!