A competitividade está cada vez mais presente no mundo corporativo. As organizações apostam na inovação, no aumento da produtividade e na redução de despesas para sobreviver. Neste cenário, também estão sendo bastante adotadas as parcerias entre empresas.

Essa iniciativa deve ser feita com muito estudo e planejamento. Nem sempre contar com apoio de outra corporação vai ser sinônimo de sucesso. Há o risco de o sonho de conquistar mais prestígio e clientes virar um grande pesadelo, caso a escolha do parceiro for equivocada.

Neste post, vamos destacar as vantagens de fazer uma parceria e indicar o caminho para fazê-las sem nenhum tipo de erro. Confira!

Entenda os benefícios das parcerias entre empresas

A união entre empresas abrange dois casos. No primeiro, concorrentes se juntam para ter uma melhor performance. No segundo, as organizações se relacionam com aquelas que vendem produtos ou serviços complementares.

Independentemente do tipo, essa iniciativa apresenta diversas vantagens, como:

1. Aumentar a competitividade

Uma boa parceria contribui para aumentar a exposição da marca, o que dá mais visibilidade junto ao público-alvo.

Também é possível reduzir despesas com produção e logística, porque serão usados menos recursos para fazer e transportar as mercadorias.

2. Expandir o mercado consumidor

A oferta de serviços em outras localidades possibilita conquistar novos clientes. Isso pode ampliar a capacidade de produção, diminuir os custos e aumentar a lucratividade.

Todavia, é preciso ter planejamento para fornecer produtos de boa qualidade. Do contrário, a parceria não vai gerar os resultados esperados.

3. Ter mais capacidade de negociação junto aos fornecedores

Quando uma empresa passa a vender mais por ter aumentado a carteira de clientes e a área de influência, consegue ter mais capacidade de negociar os preços de matéria-prima junto aos fornecedores.

A medida permite à organização oferecer produtos mais baratos por meio de promoções, o que ajuda a enfrentar a concorrência.

4. Compartilhar conhecimento e experiências

O conhecimento é, sem dúvida, um diferencial competitivo. Uma boa parceria viabiliza otimizar processos, analisar com mais profundidade o comportamento dos consumidores e implantar ações que aumentem a produtividade dos funcionários.

Ignorar o valor da troca de informações e de experiências é um equívoco que pode comprometer a sobrevivência de uma corporação.

Saiba como fazer

Não basta somente ter vontade de trabalhar com o parceiro. É preciso também adotar iniciativas que sejam benéficas para ambos os lados:

Priorize gerar vantagens para todos na parceria

Qualquer cliente gosta de bons serviços e com um preço mais em conta. Uma empresa pode oferecer um cupom de desconto para adquirir um produto na organização parceira. Esta pode divulgar os serviços e promoções relativas ao seu negócio.

Aproveite o potencial das redes sociais

Hoje, muitos consumidores obtêm informações sobre uma marca por meio das redes sociais. Tenha certeza de que um post criativo no Facebook feito por uma empresa parceira, elogiando os seus produtos e serviços, vai despertar o interesse de novos consumidores.

Logicamente, é interessante fazer o mesmo em relação ao parceiro. Esse trabalho deve ser feito em conjunto e com as informações bem alinhadas para evitar erros.

Procure um bom parceiro

Para os resultados serem positivos, a união entre as corporações deve envolver aquelas que atuam em setores de interesse dos consumidores. Além disso, as empresas devem ter o mesmo comprometimento junto aos clientes, fornecedores, empregados e demais segmentos do público-alvo.

Nenhuma organização gosta de ter a imagem atrelada ao péssimo atendimento e à falta de respeito com a legislação.

As parcerias entre empresas são, inegavelmente, uma maneira criativa de conquistar mais reconhecimento junto aos consumidores. Além disso, ajudam a superar as oscilações do mercado.

Para quem tem o espírito empreendedor, o ideal é baixar nosso e-book: Saiba como fazer sua empresa crescer em tempos de crise. Boa leitura!