Muitas empresas investem pesado em ações para melhorar suas imagens junto à opinião pública, mas acabam se esquecendo do público interno. Trabalhar o endomarketing em seu negócio, porém, é essencial e pode trazer ótimos resultados.

Uma vez que o time de colaboradores fale bem de sua companhia, é muito mais fácil conseguir estabelecer uma imagem humana e cidadã, fazendo com que as pessoas queiram trabalhar com você. Além disso, quem já trabalha sentirá orgulho.

Quer saber mais sobre o endomarketing? Continue a leitura e descubra como essa prática pode ajudar a sua organização a crescer!

O que é endomarketing?

Ao analisarmos a palavra, o prefixo “endo” refere-se a tudo o que é interno. Já quanto ao termo “marketing”, não precisamos explicar o que é, não é mesmo? Então, podemos compreender que o endomarketing consiste, basicamente, em realizar ações de marketing que promovam o relacionamento da empresa com o seu público interno.

Mas você deve estar se perguntando: “afinal, qual a vantagem disso tudo”? Bom, os benefícios são tantos que os separamos em uma parte especial, ao final deste artigo. Mas, para provar que vale a pena chegar lá, podemos citar o case da Golden Cross.

A Golden Cross é uma empresa que trabalha com a venda de planos de saúde. Ela investiu R$750 mil em ações de endomarketing junto a seus corretores, por meio de premiações por desempenho.

Ao promover a reforma ou a compra de casas próprias de seus colaboradores e a premiação com eletrodomésticos, o tempo de procrastinação das equipes sofreu uma redução. Além disso, foi possível perceber um aumento considerável em seus resultados.

“Mas é preciso investir tanto assim”? Não, você pode realizar outros tipos de ações que demandem um investimento menor. Um bom exemplo, bem mais em conta, é o que a Fiat faz quando lança um modelo de carro novo no mercado: seus colaboradores podem fazer um test-drive antes mesmo que o veículo vá para as concessionárias.

Qual a importância dele para a minha empresa?

Você está, com certeza, buscando crescer e aumentar os resultados obtidos pela sua empresa, não é mesmo? Mas como fazer isso? A resposta é simples e você já deve saber qual é. Isso mesmo! O endomarketing.

Grande parte da falta de crescimento de uma companhia vem da ausência de motivação entre os membros da equipe. Os colaboradores, por sua vez, produzem menos e não se sentem importantes dentro da organização.

Esse papo de “a motivação vem de dentro” não é totalmente verdade. Imagine que você saia de sua casa disposto a trabalhar, animado. Mas, quando chega à empresa, se depara com uma avalanche de problemas, muito trabalho e um chefe que aponta somente seus erros.

Por “não dar conta” de todo o serviço, você passa a se sentir incapaz e, consequentemente, desmotivado. Desenvolver um local de trabalho agradável, portanto, também é uma das funções do endomarketing.

Mas é claro que essa é uma situação fictícia e não pode ser usada como desculpa para maus funcionários. Afinal, se a pessoa não faz seu trabalho direito, não pode esperar elogios ou recompensas, não é mesmo?

No endomarketing, ao trabalhar com um sistema de recompensas por metas atingidas, você consegue despertar em sua equipe a necessidade de trabalhar mais (e melhor) sem a necessidade de uma cobrança direta e incisiva.

Lembre-se sempre de que o seu time é a linha de frente de sua empresa, afinal as pessoas que o compõem são as melhores para defender o negócio, agindo como advogados da marca. Não adianta nada investir milhões em propaganda afirmando que a companhia é boa, se os colaboradores que nela trabalham dizem o contrário.

Hoje, com as redes sociais, os funcionários podem se expressar com muito mais facilidade. Além disso, as opiniões de cada um chegam a um grande número de pessoas em um curto espaço de tempo, o que pode gerar grandes problemas para a organização.

Como aplicá-lo?

Agora que você já sabe mais sobre o conceito e compreende um pouco de sua importância, vamos ao que interessa: como aplicar o planejamento de endomarketing em sua empresa?

A primeira coisa que é preciso ter em mente é que esta não é uma atividade exclusiva da área de marketing, apesar da nomenclatura. O endomarketing deve surgir de uma colaboração entre o departamento de Gestão de Pessoas e o setor de marketing.

O time de Gestão de Pessoas se encarrega das pesquisas de clima e de conversar com cada colaborador para entender do que eles precisam, o que pode ser melhorado na empresa e como isso pode ser feito. Já a equipe de marketing fica responsável pela determinação das estratégias, dos canais e dos formatos que serão utilizados em cada ação.

Além desses dois setores, podemos encontrar outros que participam da elaboração das estratégias, como o de Relações Públicas e o de Finanças. Após coletar e analisar o resultado dos trabalhos da GP, é hora de estabelecer quais serão as ações aplicadas. Veja, abaixo, algumas opções que podem ser executadas:

Alinhamento da comunicação interna

Para que qualquer estratégia de endomarketing funcione como o esperado, alinhar toda a comunicação interna de sua empresa é fundamental. Transformar os anúncios do mural de avisos em uma conversa de mão dupla abre espaço para que os colaboradores possam colaborar com a companhia.

A equipe, então, poderá dar sugestões do que precisa ser melhorado e, assim, se sentir parte fundamental no desenvolvimento da empresa. No caso da implantação de metas, deixe claro a todos o que precisa ser feito para o alcance de cada uma, tanto as individuais quanto as coletivas, para que os responsáveis possam receber suas bonificações.

Promoção de eventos motivacionais

Muitas vezes, o próprio trabalhador tem dúvidas a respeito do seu potencial dentro da empresa e, por isso, a realização de eventos motivacionais se torna essencial. Transmitir a sensação de pertencimento e de que qualquer um pode ter boas ideias é parte importante de uma estratégia de endomarketing.

Os colaboradores precisam se sentir seguros ao dar sugestões de melhorias para a organização, com a certeza de que não serão rechaçados por isso, mas sim recompensados e reconhecidos caso suas propostas sejam utilizadas. Qualquer um pode ter boas opiniões, então motivá-los a tomar a iniciativa é sempre uma boa opção.

Realização de integrações

Quando um novo colaborador chega a uma empresa, é preciso apresentá-lo à equipe com a qual trabalhará e transmitir a cultura organizacional do negócio a ele. As integrações devem proporcionar o acolhimento desse funcionário e deixar claro que a sua entrada é importante para o crescimento e o desenvolvimento da companhia.

Mas tais medidas não devem ser tomadas apenas quando o colaborador entra na organização. Proporcionar momentos de interação entre os membros de sua equipe, independentemente do setor de cada um, é fundamental.

Por isso, é comum promover festas de final de ano e ações relacionadas ao dia das mães, dos pais e da mulher, além de eventos de open house, nos quais os colaboradores trazem suas famílias para conhecer o local de trabalho. Essas são apenas algumas opções, mas a sua empresa pode (e deve) pensar em outras formas de valorizar seu time.

Quais são os benefícios?

Como você já percebeu, falamos muito sobre a motivação da equipe para aumentar a produtividade e alcançar grandes resultados. Mas esse não é o único benefício que tal prática proporciona à sua empresa. Veja mais alguns:

Otimização de processos

Trabalhadores satisfeitos com a organização em que atuam costumam produzir mais e melhor. Esse cenário permite que os produtos ou serviços de seu negócio apresentem menos falhas, diminuindo índices de refação e a perda de materiais de consumo, mas aumentando o cumprimento de prazos.

Diminuição da rotatividade de funcionários

Todos sabem que contratar e treinar um novo colaborador não é tarefa simples e, muito menos, barata. Mas imagine se essa rotatividade (turnover) fosse reduzida a quase zero! Sua empresa conseguiria reduzir custos e ter funcionários mais preparados, pois seria possível manter a curva de aprendizado sobre processos e produtos.

Com a redução das despesas de contratação, a companhia poderá investir em cursos e/ou treinamentos para elevar o conhecimento técnico de seus colaboradores. Assim, a qualidade de seus produtos aumentará.

Melhoria no clima organizacional

Com ações de endomarketing, é possível melhorar a convivência e o ambiente de trabalho de sua organização. Desse modo, o fluxo de atividades se ajusta e os processos passam a ser seguidos de forma muito mais precisa.

Como consequência, o desempenho de todos os setores melhora e há a geração de resultados positivos, tanto em números quanto em imagem para a empresa. Um colaborador satisfeito com a instituição em que trabalha falará bem dela aos seus amigos e familiares.

Geração de bem-estar

Muitas atividades dentro da companhia são altamente estressantes. Isso afeta, em algum momento, o bem-estar dos colaboradores que as executam.

Quando sua empresa demonstra preocupação e promove o cuidado com o bem-estar e a saúde de seus funcionários, o ambiente de trabalho se torna mais agradável e reduz os índices de falta por motivos de saúde.

Gostou de aprender um pouco mais sobre o que é o endomarketing e quer ter acesso a muitas outras informações? Siga-nos nas redes sociais (Facebook e Google +) para ficar por dentro de mais conteúdos essenciais!