Um processo vital para manter o funcionamento de qualquer empresa no médio e longo prazos é o planejamento. Seja em um negócio familiar mais conservador ou em uma startup ambiciosa, o planejamento estratégico empresarial é o que garante a longevidade de tudo.  

Porém, nem todos entendem como criar e colocar em prática este plano, o que leva muitas empresas a passarem por momentos difíceis ou mesmo irem à falência.

Para ajudar a orientar empresários que ainda estão confusos com relação ao assunto, trouxemos aqui 6 passos simples e objetivos para desenvolver um planejamento estratégico. Acompanhe!

1. Avaliação

O primeiro passo em qualquer planejamento estratégico empresarial é a análise de dados. É por meio dessas informações que o estado atual da empresa, com seus recursos e dificuldades, é avaliado. Aqui também são estabelecidos os Indicadores Chave de Performance, normalmente abreviado pela sigla em inglês, KPI.  

Como o nome indica, são os indicadores centrais de que as ações empresariais estão dando resultados, sejam eles positivos ou negativos. São esses índices que serão acompanhados ao longo do período estimado.

2. Planejamento

Com os dados da empresa reunidos, é hora de estabelecer metas e um prazo. Digamos que um dos seus KPIs seja o número total de clientes ativos. Sua meta pode ser aumentar essa base em 20% em 1 ano, diminuindo os custos.  

Com os dados do primeiro passo, será possível determinar se essa meta é factível e se vale a pena focar seu planejamento estratégico empresarial neste objetivo. Em caso positivo, já é possível seguir adiante.

3. Ação

Com um plano traçado, o próximo passo é colocá-lo em prática. O esforço para atingir a meta deve ser constante e cada ação deve ser executada, de preferência no período esperado. Postergar certas atitudes, esperando o “momento certo”, apenas reduz o valor que a empresa é capaz de entregar.

4. Monitoramento

Claro que um planejamento estratégico empresarial exige vigilância. Deixar que os processos ocorram no piloto automático não vai causar mudanças nos resultados. É importante sempre recolher os dados de cada ação tomada, verificando resultados e comparando tudo ao longo do tempo. Isso dirá se a meta está mais próxima ou mais distante.

5. Reestruturação

Se as últimas análises de KPIs não indicam que o objetivo será atingido no prazo estimado, então pode ser que o seu planejamento não tenha sido bom o suficiente. Isso não é um problema tão grande quanto parece, mas exige alguma remediação, que pode chegar por meio de uma consultoria especializada, por exemplo. É hora de parar, reavaliar o plano e fazer as alterações necessárias para alcançar o objetivo.

6. Repetição

Algo importante a destacar sobre o planejamento estratégico empresarial é que não se trata de um processo finito. A cada período e meta atingida, a empresa precisa reiniciar o ciclo, criando novos objetivos e novos planos para o período seguinte.  

É esse senso de propósito que ajuda a manter as engrenagens dos negócios funcionando corretamente. Sem isso, a empresa corre o risco de ficar estagnada ou de ser deixada para trás pela concorrência.

Agora que você conhece os passos do planejamento estratégico empresarial, é hora de colocar este conhecimento em uso. Para receber mais dicas sobre gestão empresarial, siga nossas redes sociais: acesse nosso Facebook e Google+ e fique sempre por dentro de nossas novidades!