Na hora de buscar uma captação de recursos com investidores, um grande obstáculo que muitos jovens empreendedores encontram são suas finanças empresariais. Acostumados a um pouco de informalidade ou mesmo desorganização financeira, esses empresários descobrem que ter uma contabilidade fora de ordem é um empecilho gigantesco para atrair investimentos.

Se você quer entender mais sobre como esse processo funciona e, mais importante, como solucioná-lo, continue lendo nosso artigo:

Finanças empresariais em ordem ajudam a agregar valor à companhia

O processo de captação de recursos para uma empresa é um pouco complicado. Basicamente, é necessário mostrar para os potenciais investidores os benefícios de colocar dinheiro em uma empresa para que ela possa crescer, se desenvolver e retornar bons dividendos.

Cada investidor procura uma coisa num projeto — existem aqueles que procuram lucros rápidos, outros querem a segurança de um projeto sólido, outros buscam por inovações com impacto social ou mesmo investir em empresas de tecnologia que possam ajudar em outras áreas.

Mas se tem uma coisa que todo investidor não quer é perder dinheiro. Nenhum deles quer investir qualquer quantia que seja numa empresa fadada ao fracasso. E, na hora de verificar se a empresa tem ou não futuro, eles olham para uma coisa: seus livros financeiros.

Um investidor examina a contabilidade de uma empresa para verificar se ela é sólida. Se ela sobrevive bem, se é administrada direitinho, se vai gerar mais lucros ou se ai sugar todo o dinheiro do investimento para um buraco negro.

Ter as contas organizadas também passa confiança na hora da captação de recursos

Vamos propor um exercício de imaginação por um momento. Suponha que você é um grande investidor e possui, em mãos, R$ 2 milhões para investir em uma empresa.

Um jovem empreendedor bate na sua porta para mostrar um projeto muito interessante que pode dar muito lucro. Para colocá-lo em execução, ele precisa justamente desses R$ 2 milhões.

Mas, as finanças empresariais dele são péssimas. Sua empresa está quase fechando as portas por não conseguir lidar com os gastos, as projeções trimestrais são sempre erradas e o planejamento financeiro da empresa é só um papel em cima da mesa, sem valor nenhum.

Você investiria seus R$ 2 milhões nesse projeto? Se tiver alguma experiência no mercado empresarial, provavelmente respondeu não.

Isso porque, por mais promissora que seja a ideia do empreendedor, seu domínio financeiro é péssimo, o que significa que esses R$ 2 milhões provavelmente seriam perdidos antes de a ideia dar fruto.

Um empresário — ou uma empresa — que tenha suas finanças empresariais em ordem consegue mais respeito dos investidores e, consequentemente, mais facilidade para a captação de recursos para seus projetos.

É um sinal de profissionalismo, competência e, mais do que isso, boa gestão financeira. É a prova de que o valor captado será bem utilizado, sem que nada seja desperdiçado ou insuficiente. É uma daquelas poucas qualidades que tranquilizam qualquer perfil de investidor e garantem uma captação de recursos bem-sucedida.

E como fazer para ter sua administração financeira em condições aceitáveis?

Uma das melhores dicas para quem quer ter sua administração financeira em boas condições antes de procurar por investidores é a busca por consultoria especializada.

Um bom grupo de consultores capacitados vai produzir um relatório completo sobre as suas finanças empresariais, organizarão todos os processos administrativos da sua companhia. Ele ainda é capaz de orientar os gestores dessa empresa na captação de recursos de investidores. Isso é ótimo, não é mesmo? Para saber mais sobre o assunto e entrar em contato com uma equipe de, consultores capacitados!

 
Open modal