Para que o negócio obtenha sucesso, não se pode cometer erros na sua estratégia de marketing. Porém, quando se pensa em investir em meios digitais de comunicação, uma dúvida ainda é muito comum: Google AdWords ou Facebook Ads? Qual é o mais apropriado?

Neste artigo explicaremos a diferença entre os dois para que você possa escolher o mais adequado ao plano de marketing da sua empresa.

O que é o Google AdWords?

O Google AdWords é a ferramenta de mídia paga do Google. Nesta plataforma, os anunciantes investem para aparecer em destaque no buscador toda vez que os usuários fizerem uma busca por determinado assunto.

Embora outros sistemas de busca também possuam esse tipo de oferta, como o Bing e Yahoo, o Google costuma ser mais visado porque é o mais acessado no mundo inteiro.

Além disso, o algoritmo do Google já passou por várias atualizações voltadas a melhorar cada vez mais a experiência do usuário. Portanto, para ter resultados pelo Google AdWords não basta ter um anúncio que leve a pessoa ao site, mas também é preciso que essa página responda a dúvida do visitante e ofereça uma boa experiência de navegação.

Criação de anúncios no Google AdWords

O Google AdWords possibilita criar anúncios de texto que redirecionam a um site, blog ou qualquer outro tipo de página. Para isso é necessário criar o anúncio e dar um lance na palavra-chave para a qual você quer aparecer.

Assim, toda vez que alguém fizer uma busca pela palavra-chave escolhida, o seu anúncio aparecerá no topo da busca. Por exemplo: se alguém buscar por “gestão financeira” e você tiver um anúncio ligado à essa palavra, ele poderá lhe encontrar nos resultados.

O Google AdWords possui dois tipos de redes para inserção dos anúncios: rede de pesquisa, que coloca os anúncios dentro dos resultados de pesquisa do Google, e rede de display, que permite colocar os anúncios em sites que usam o programa de afiliados do Google.

Vantagens do Google AdWords

Imaginemos que você chegue a sua casa no meio da noite, a chave quebre e você não consiga entrar. Por conta do horário, é difícil encontrar um chaveiro nas redondezas. Porém, você tem um celular com acesso à internet. O que fazer, então? Acessar o Google e procurar por um chaveiro, certo?

Essa é a grande vantagem do Google AdWords: alcançar pessoas que estão efetivamente buscando por aquele assunto.

Desvantagens do Google AdWords

O Google AdWords pode ser comparado a uma casa alugada: enquanto você paga o aluguel, tem lugar para morar. Quando para de pagar, não tem mais.

O mesmo vale para os Ads do Google: se você pagar, aparece para o seu público. Ao parar de pagar, essa visibilidade some.

Além disso, é preciso fazer uma estratégia que concilie o investimento com o custo das palavras-chave para que os anúncios estejam sempre visíveis ao seu público.

O que é o Facebook Ads?

Facebook Ads é uma forma de promover anúncios pagos dentro dessa rede social. Apesar de outras oferecerem o mesmo serviço, como o Twitter e o Instagram, o Facebook tornou-se a principal por possuir o maior número de usuários. Afinal, mais de 100 milhões de brasileiros estão no Facebook, então é bastante provável que seu público também esteja.

Pelo Facebook Ads é possível criar anúncios que levem as pessoas à sua fanpage ou ao seu site. Eles podem ser feitos por diferentes tipos de mídia, como textos, imagens e vídeos que serão exibidos na linha do tempo.

Um diferencial dessa ferramenta é a segmentação do público que visualiza o anúncio. Assim, toda vez que um anúncio é criado, você pode fazer a especificação por sexo, localização, faixa etária, interesses, entre outras informações.

Portanto, se o produto ou serviço que você oferece for voltado a um público específico, o Facebook Ads pode atingi-lo de forma certeira.

Criação de anúncios no Facebook Ads

Os tipos de anúncios mais corriqueiros no Facebook Ads são:

  • reconhecimento da marca: aumenta o reconhecimento da sua marca por meio do alcance de pessoas;

  • tráfego: envia mais pessoas para dentro ou fora do Facebook;

  • envolvimento: faz mais pessoas verem a publicação da sua página ou se envolverem com ela por meio de curtidas, compartilhamentos, comentários etc.;

  • visualizações de vídeo: promove vídeos de modo a trazer um número maior de pessoas para assisti-los;

  • geração de cadastros: coleta informações de pessoas interessadas no seu produto ou serviço;

  • conversões: faz as pessoas executarem ações no seu site, como registrar-se numa lista ou fazer uma compra;

  • visitas ao estabelecimento: promove a fanpage de modo a atingir pessoas que estejam próximas do estabelecimento comercial.

Vantagens do Facebook Ads

Além de poder segmentar o público, uma das maiores vantagens do Facebook Ads é atrair pessoas que ainda não estão na fase final de compra do que a sua empresa oferece.

Isso é bom porque também pode atrair pessoas que possam comprar da sua empresa a médio e longo prazo. Porém, para que isso aconteça, é necessário ter um bom relacionamento com o seu público. Postar com frequência e responder comentários e mensagens são algumas das formas de fazer esta aproximação entre o seu negócio e o consumidor.

Desvantagens do Facebook Ads

Por outro lado, os anúncios nesta rede podem chegar a pessoas não se interessem pelo que sua empresa fornece, afinal, elas ainda podem estar distantes do momento de compra.

Uma forma de remediar essa desvantagem é usar a técnica 80/20, ou seja, dedicar 20% dos anúncios à divulgação do seu produto e 80% à geração de valor ao seu público.

Um exemplo disso é promover o download de um e-book pelo Facebook mediante o preenchimento de um formulário. Assim, em troca de ajudar o seu público com um material rico, você recebe informações importantes do lead para fazer uma oferta, como nome, e-mail, telefone, entre outros.

Google AdWords ou Facebook Ads: qual usar?

Para saber qual das ferramentas é mais adequada a sua estratégia de crescimento da sua empresa, há dois pontos que geralmente são considerados: orçamento e alcance.

Se o orçamento for generoso o bastante a ponto de investir em todos os canais de marketing, o Google AdWords não pode ficar de fora. Mas, caso a palavra-chave tenha um custo alto e o seu investimento em AdWords só permita um ou dois cliques no seu site por dia, é melhor direcionar esse dinheiro ao Facebook Ads por ser mais barato.

O Facebook Ads pode ser mais interessante quando se trata de alcançar um público que seja muito específico. Porém, se a ideia é alcançar um grande número de pessoas, fazer anúncios no AdWords não pode ser deixado de lado.

E então, já decidiu entre o Google AdWords ou Facebook Ads? Independentemente da estratégia que você escolher, é preciso que ela esteja alinhada com as metas da sua empresa. Aliás, confira este artigo que redigimos apontando a importância das metas no desenvolvimento de uma empresa e fique ainda mais bem-informado sobre o assunto.