Uma empresa que se preocupa com uma gestão bem desenvolvida busca mecanismos para alcançar uma estrutura organizacional bem delineada, visando seu crescimento e sobrevivência.

Nesse contexto, a controladoria exerce a função estratégica de garantir que as informações sejam adequadas ao processo decisório para que os gestores resolvam uma equação que precisa somar produtividade e eficiência à alta lucratividade com menores custos.

Neste post vamos mostrar a atividade da controladoria como importante auxílio no controle da empresa explicando suas principais características. Confira!

O que é controladoria?

Controladoria é um conjunto de atividades que atua com métodos da contabilidade e da administração entre outras áreas, que otimizam a gestão financeira das empresas, estruturada com base no processo decisório, passando pelas etapas de planejamento, execução e controle.

Ela serve para dar suporte aos gestores e diretores nas tomadas decisões em diferentes setores da empresa. Trabalhando com vários profissionais, essa área coordena e analisa ações em curto e longo prazo, repara erros e potencializa acertos.

Qual a importância da controladoria?

A importância da controladoria dentro da estrutura de uma organização nasce da necessidade cada vez maior de se pensar estrategicamente e de ter uma visão panorâmica de todos os processos da empresa. Ela possibilita o aperfeiçoamento e a agilidade da ação dos gestores de maneira eficiente, por meio de informações vitais para o sucesso da empresa.

Como funciona a controladoria na prática?

Com os avanços da tecnologia e aumento do fluxo de dados gerados diariamente, o controle e a estruturação de todo processo informacional passam a ser prioridade.

As atividades da controladoria baseiam-se em etapas. Praticamente, são necessários três pontos fundamentais para o trabalho e desenvolvimento da controladoria dentro de uma organização:

  • objetivos da organização: ao iniciar qualquer tipo de programa, assim como é o caso da controladoria, é necessário ter muito claro onde se deseja chegar;

  • processo de transformação: nessa etapa é preciso acompanhar esse desenvolvimento com bastante agilidade e controle dos processos gerenciais;

  • controle: prever, prevenir e gerenciar tudo o que é produzido de informação — interna e externa —, estruturar e munir os tomadores de decisão é o foco dessa etapa.

A controladoria trabalha voltada para a eficiência e a eficácia de todos os departamentos da empresa.

Quais os benefícios de trabalhar com controladoria?

Todo o trabalho da controladoria é para melhorar a gestão do negócio. Sua aplicação dentro de uma organização proporciona benefícios concretos no diz respeito a planejamentos e, principalmente, a resultados. Podemos citar benefícios como:

  • planejamento sólido;

  • decisões eficientes;

  • controle do planejamento orçamentário;

  • redução dos custos;

  • controle do mercado externo para analisar fatores de impacto;

  • estratégias comerciais;

  • aprimoramento de soluções em logística;

  • entre tantos outros.

Por meio da controladoria a empresa passa a atuar no mercado com mais eficiência e segurança, munida de informações que permitem saber qual o melhor passo a dar diante do futuro.

Como deve atuar o controller?

O controller é um profissional ao mesmo tempo estratégico e gerencial. Ele tem a responsabilidade de reunir e administrar um conjunto de informações econômicas, financeiras e gerenciais, garantindo sua natureza confiável e as disponibilizando aos gestores em tempo adequado.

Por atuar integrado dentro de todas as operações da empresa, o controller possui um caráter multidisciplinar e precisa ter domínio sobre as áreas abaixo listadas:

  • contabilidade: pelo uso de ferramentas de avaliação e mensuração do negócio;

  • administração: pela utilização de ferramentas, técnicas e procedimentos de gestão;

  • economia: pelo uso de conceitos de valor econômico;

  • direito: para compreender e interpretar a legislação tributária;

  • estatística: para avaliar condições de riscos e incertezas;

  • matemática: para mensurar e calcular os valores econômicos e dados contábeis;

  • sociologia: para entender conceitos como (níveis de responsabilidade, autoridade, poder etc.) no processo de gestão;

  • psicologia: para a compreender o comportamento das pessoas na tomada de decisão.

Em suma, a controladoria é uma forte ferramenta de planejamento e informação para o aumento da lucratividade da empresa em um mercado cada vez mais globalizado, competitivo e transformado pelas inovações tecnológicas.

E então, percebeu a importância da controladoria para sua empresa? Quer adquirir ainda mais conhecimento sobre como tomar as melhores decisões para aumentar a eficiência do seu negócio? Baixe agora mesmo nosso e-book gratuito “Manual sobre indicadores de sucesso”!