Qual é o valor da sua empresa? Essa é uma pergunta fundamental que todo dono precisa saber responder. Seja no momento de se procurar investidores para aportar capital, para a ocasião da entrada de um novo sócio ou até mesmo na oportunidade de se vender a empresa, é essencial que o empresário tenha plena consciência de quando vale o seu negócio.

Ao conhecer esse valor, o empreendedor será capaz de planejar melhor o futuro de seu empreendimento, ao poder identificar as melhores oportunidades e situações que poderão trazer valor ao seu negócio. Para isso, existe uma ferramenta que auxilia os empreendedores a estimar o valor de sua empresa: é o processo de valuation.

O que é valuation?

Valuation é uma metodologia de se estimar qual é valor de uma empresa, usando um modelo quantitativo e sistematizado. Um processo de valuation vem a ser necessário em diversos momentos: seja para fins de contabilidade, em situações de aquisição ou transição do negócio, ou até mesmo em processos judiciais, onde, por exemplo, os bens da empresa precisem ser divididos.

Porém, o primeiro conceito fundamental sobre o valuation de uma empresa que se deve entender é que essa técnica é, antes de qualquer coisa, uma ferramenta de percepção de mercado. Mesmo utilizando de dados e métricas exatas sobre a empresa, esse método de avaliação acaba por envolver certa dose de subjetividade.  

Além de analisar os dados contábeis e financeiros do negócio, o valuation irá agregar em sua avaliação também as percepções que a empresa possui com clientes e investidores, bem como a posição que ela ocupa no mercado e a previsão do retorno de seus investimentos.

A partir dos dados conseguidos pelo cálculo do valutation é possível analisar o seu seu negócio sob vários aspectos, como:

  • Identificar as características que o torna valioso;
  • Entender aspectos que o desvaloriza;
  • Saber quanto e como os investimentos podem ser feitos;
  • Entender como se deu e se dará o crescimento do negócio ao longo dos anos;
  • Negociar o valor da empresa com o sócios de forma mais justa.

Como calcular o valuation?

Existem diversas formas de avaliação de uma empresa. Elas podem acontecer pelo simples cálculo patrimonial da empresa, pelo através do valor contábil de seus ativos, ou até mesmo pela comparação de valores entre empresas do mesmo setor. Porém a maneira correta e mais utilizada atualmente é o método de fluxo de caixa descontado.

Tal cálculo funcionará da seguinte forma:

Primeiro estima-se qual será o fluxo de caixa da empresa (montante de dinheiro recebido menos aquilo que foi gasto) para os próximos períodos. Ou seja, é feita uma previsão de quanto será as receitas e despesas geradas pelo negocio durante um período no futuro.

Após isso, é definida a taxa a ser descontada sobre esse fluxo de caixa, determinada pelo custo médio do capital e baseando-se nos riscos apresentado pela empresa em relação a outras alternativas de investimento, como a bolsa ou a poupança.

Por último, finalizando o cálculo, se traz todos esses resultados para o presente, somando-os e encontrando o valor da empresa.

Com isso, podemos concluir que o valuation através do método de Fluxo de Caixa Descontado mede o valor de uma empresa através da quantidade de recursos que ela é capaz de gerar no futuro, descontando o tempo e o risco associados a essas estimativas. Porem é importante observar que este é um cálculo até simples e imediato, e que existem outros metodologias de valuation mais complexas e recomendadas de acordo com o perfil da empresa a ser analisada.

Gostou do post e quer saber mais sobre o assunto? Assine a nossa newsletter e receba diretamente os nossos melhores conteúdos em seu email!